5.9.15

Forma de ocorrência dos desastres - Súbita e Cíclica - Classificação dos Desastres - Naturais - Humanos - Tecnológicos - Sociais - Biológicos - MANUAL DE PLANEJAMENTO DE EMERGÊNCIA


Forma de ocorrência dos desastres

Os desastres de uma maneira geral podem manifestar-se de duas formas distintas quanto à sua ocorrência:

Súbita - Aqueles que se manifestam de forma inesperada, sem que haja tempo o suficiente para o preparo contra o seu impacto, a redução dos riscos associados e a mitigação de sua vulnerabilidade;

Cíclica - Aqueles que se manifestam ao longo da história, estabelecendo uma periodicidade ou sazonalidade de forma que haja tempo para as ações preventivas de proteção à comunidade, ao patrimônio e ao meio ambiente.



Classificação dos desastres


Os desastres de uma forma geral para fins de classificação dividem-se em:

Naturais - Os desastres naturais fazem parte de um ciclo que associa-se à evolução da própria Terra, ao longo do tempo, manifestando-se sob a forma de erupções vulcânicas, terremotos, maremotos, ciclones, secas etc.

Humanos - Estes refletem-se como fruto da própria evolução do homem sob a face da terra e do preço a ser pago pelo abuso ou mau uso do conhecimento humano, estes subdividem-se em:

Tecnológicos - São aqueles gerados pelo desrespeito às normas e princípios que envolvem o uso de tecnologia dentro de um equilíbrio com a comunidade e o meio ambiente, traduzindo-se sob a forma de incêndios, explosões, colapsos estruturais, vazamentos químicos etc.,

Sociais - Estão associados à incapacidade do homem conviver em harmonia com seu semelhante dentro dos princípios de liberdade, igualdade e fraternidade, manifestando-se sob a forma de greve, guerras, violência, fome, sabotagem etc.;

Biológicos - Resultantes de desequilíbrio entre o homem e o reino animal, originando pragas animais e vegetais, epidemias e pandemias.



Nenhum comentário:

Postar um comentário