12.7.15

CONTROLE DE MATERIAIS DE ACABAMENTO E REVESTIMENTO ( CMAR ) - Definição e conceito - Material de revestimento, acabamento, termo-acústico - Finalidade - Descrição geral - MANUAL DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO NAS EDIFICAÇÕES E ÁREAS DE RISCO


CONTROLE DE MATERIAIS DE ACABAMENTO E REVESTIMENTO

Definição e conceito

Material de revestimento

Todo material ou conjunto de materiais empregados nas superfícies dos elementos construtivos das edificações, tanto nos ambientes internos como nos externos, com finalidades de atribuir características estéticas, de conforto, de durabilidade, etc.

Incluem-se como material de revestimento, os pisos, forros e as proteções térmicas dos elementos estruturais.


Material de acabamento

Todo material ou conjunto de materiais utilizados como arremates entre elementos construtivos (rodapés, mata-juntas, golas, etc).


Material termo-acústico

Todo material ou conjunto de materiais utilizados para isolação térmica e/ou acústica.


Finalidade

Estabelece as condições a serem atendidas pelos materiais de acabamento e revestimento empregados nas edificações, para que, na ocorrência de incêndio, restrinjam a propagação de fogo e o desenvolvimento de fumaça.


Descrição geral

Controle de materiais de acabamento e revestimento (CMAR)

O CMAR empregado nas edificações, destina-se a estabelecer padrões para o não surgimento de condições propícias do crescimento e da propagação de incêndios, bem como da geração de fumaça.

Será exigido o CMAR, em razão da ocupação e uso, e em função da posição dos materiais de acabamento, materiais de revestimento e materiais termo-acústicos, visando:

a)  piso;

b) paredes/divisórias;
  
c)  teto/forro;


d) cobertura.



Nenhum comentário:

Postar um comentário