31.8.13

Procuro por Ana Lucia Ferreira de Mello - Nos anos 80 e 90 morou em Pirituba - São Paulo-SP - Se você conhece poste um comentário...


Foto encontrada no extinto SONICO

30.8.13

Perícia faz vistoria em área de desabamento na Zona Leste de SP e busca encontrar culpados pela ocorrência - Mais uma novela inicia-se - O caso de Santa Maria-RS acabou em CPI, imaginem a situação dos Familiares: CPI - Todos já sabem no que vai dar isso...

O major Anderson Lima disse que, apesar dos 10 óbitos, o sentimento é de “dever cumprido”. “Ficamos felizes pelo resgate das 26 vidas.” Durante os mais de dois dias de trabalho no local do desabamento, houve o emprego de 270 profissionais do Corpo de Bombeiros e mais de 70 veículos da corporação, segundo o major.



Perícia faz vistoria em área de desabamento na Zona Leste de SP

Núcleo de engenharia busca descobrir o que provocou colapso de estrutura.




Desabamento matou 10 operários e deixou outros 26 feridos.

A Polícia Científica continuava a vistoriar, nesta sexta-feira (30), o local do desabamento na Avenida Mateo Bei, na Zona Leste de São Paulo, onde 10 pessoas morreram e 26 ficaram feridas. Os trabalhos de resgate dos corpos só foram concluídos na tarde de quinta-feira (29). Polícia Civil deve ouvir operários internados. 

Um núcleo específico de engenharia acompanhou a operação de resgate e vinha fotografando o local do acidente a cada manhã desde a terça-feira (27), quando a estrutura entrou em colapso. A equipe recolheu documentos e plantas do imóvel. Os peritos também levarão para análise laboratorial do material recolhido no local do acidente, como cimento e ferro, com objetivo de descobrir o que provocou o desabamento. A área deve ser cercada por tapumes.

Nesta sexta-feira, as equipes da Defesa Civil faziam a limpeza da Avenida Mateo Bei, que ficou interditada desde terça-feira. A expectativa é que a via seja liberada ainda nesta manhã. Até o início da tarde de quinta-feira, 18 carros de entulho já tinham sido retirados do local para possibilitar o trabalho dos bombeiros.  
O major Anderson Lima disse que, apesar dos 10 óbitos, o sentimento é de “dever cumprido”. “Ficamos felizes pelo resgate das 26 vidas.” Durante os mais de dois dias de trabalho no local do desabamento, houve o emprego de 270 profissionais do Corpo de Bombeiros e mais de 70 veículos da corporação, segundo o major.

A perícia trabalhava na área por volta das 17h30. Funcionários da Defesa Civil do município conversaram com os peritos para acertar que as máquinas irão jogar de volta ao terreno o entulho que está na avenida. Depois, a Prefeitura colocará um tapume para cercar a área, fará a varrição e a lavagem da via para liberar ao trânsito e permitir a reabertura do comércio na região, o que deve ocorrer na manhã desta sexta-feira (30).


Nona vítima encontrada

A penúltima vítima encontrada foi o pedreiro Claudemir Viana de Freitas, na manhã desta quinta-feira. O corpo dele estava no fundo do terreno e foi reconhecido por familiares. Segundo a corporação, 36 pessoas estavam na construção no momento do desabamento: 26 delas foram resgatadas com vida e 10 morreram.


  • Segundo o Fernando Barbosa, amigo de Freitas, a mulher da vítima está grávida de dois meses e ele havia voltado do Maranhão para uma nova empreitada de trabalho em São Paulo há 15 dias. "Eu ainda tinha esperança de encontrá-lo com vida. Ele estava muito feliz de ser pai. Era trabalhador e sonhador", lamentou Barbosa que acompanhava as buscas desde quarta. 


Bombeiroswaldo... 

29.8.13

Líquido Inflamável e Ponto de Fulgor ( Tabela Inglês / Português ) - Substância - Ponto de fulgor - Ponto de ebulição - Classificação NFPA - Acetaldeído - Éter dimetílico - Éter Etílico - Óxido de etileno - Pentano - Éter de petróleo - Propano - Benzeno - Acetona - Acetonitrila - Dissulfeto de carbono - Ciclo-hexano / Cicloexano - Álcool Etílico / Etanol - N-hexano - Álcool isopropílico / Isopropanol - Álcool metílico / Metanol - Metil-etil cetona - Octano - 2-propanol - Piridina - Tetraidrofurano / Tetraidrofurano - Tolueno - Trietilamina - Isocianato de terbutila - Clorobenzeno - Epicloroidrina - 2-Nitropropano - Xileno / Xilol - Ácido acético glacial - Bromobenzeno - Ácido fórmico - Morfolina - Solvente de Stoddard - Benzaldeído - Ciclo-hexanol / Cicloexanol - Ácido metacrílico - Nitrobenzeno - Tetraidroneftaleno - Álcool benzílico - Ácido capróico - Etilenoglicol - Éter fenílico - Ácido esteárico - Quantidades máximas recomendadas para estocagem no laboratório - Exemplos de recipientes para líquidos inflamáveis

LÍQUIDOS INFLAMÁVEIS & COMBUSTÍVEIS


ATENÇÃO


A) Uma prática muito comum consiste na estocagem de materiais voláteis, alguns dos quais inflamáveis, em geladeiras de uso doméstico (comerciais). Essas geladeiras não são fabricadas para essa finalidade, em virtude do que podem gerar faíscas seja no acendimento da luz interna, seja no motor, e causar um grave acidente.  As fotos abaixo mostram as conseqüências de um acidente que poderia ter sido muito pior.

  
B) Guarde materiais voláteis inflamáveis em geladeiras apropriadas (para essa finalidade) ou em local muito bem ventilado e sem fontes de ignição, sempre em recipientes adequados, como os containers de segurança (safety cans) e armários para líquidos inflamáveis.




Lista dos líquidos inflamáveis e produtos químicos combustíveis mais comuns e perigosos (no seu nome inglês), seus pontos de fulgor* e pontos de ebulição (em Fahreneit e graus centígrados) associados às suas classes de inflamabilidade pela National Fire Protection Association (NFPA).








*Ponto de fulgor: A menor temperatura em que um líquido fornece vapor suficiente para formar uma mistura inflamável quando uma fonte de ignição (faísca, chamas abertas, etc.) está presente. Dois testes são usados para determinar o ponto de fulgor: Recipiente aberto e recipiente fechado. O método é indicado pela MSDS.

**O Éter de petróleo pode ser classificado como IA ou IB dependendo da sua composição.



QUANTIDADES MÁXIMAS RECOMENDADAS PARA ESTOCAGEM NO LABORATÓRIO



       
Exemplos de recipientes para líquidos inflamáveis:




Bombeiroswaldo...

Ponto de Fulgor ou Inflamação (auto-ignição) - Combustíveis: Etanol, Gasolina, Diesel, Querosene de aviação, Querosene (óleo de parafina), Óleo vegetal (canola) e Biodiesel. - Líquido Combustível - Líquido Inflamável

Ponto de Fulgor ou Inflamação

Ponto de fulgor ou ponto de inflamação é a menor temperatura na qual um combustível liberta vapor em quantidade suficiente para formar uma mistura inflamável por uma fonte externa de calor. O ponto de fulgor não é suficiente para que a combustão seja mantida.
Por mistura inflamável, para a obtenção do ponto de fulgor, entenda-se a quantidade de gás ou vapor misturada com o ar atmosférico suficiente para iniciar uma inflamação em contacto com uma fonte de calor (isto é, a queima abrupta do gás ou vapor), sem que haja a combustão do combustível emitente. Outro detalhe verificado é que, ao retirar-se a fonte de calor, acaba a inflamação (queima) da mistura.
Trata-se de um dado importante para classificação dos produtos combustíveis, em especial no que se refere à segurança, aos riscos de transporte, armazenagem e manuseamento.


Exemplos:





Através do ponto de fulgor distinguem-se os líquidos combustíveis e inflamáveis, de acordo com norma regulamentadora:

Líquido combustível: todo aquele que possua ponto de fulgor igual ou superior a 70°C (setenta graus Celsius) e inferior a 93,3°C (noventa e três graus e três décimos de graus Celsius).
O líquido combustível acima classifica-se como líquido combustível Classe III.

Líquido inflamável: todo aquele que possua ponto de fulgor inferior a 70°C (setenta graus Celsius) e pressão de vapor que não exceda 2,8 kg/cm2 absoluta a 37,7°C (trinta e sete graus e sete décimos de graus Celsius).


Quando o líquido inflamável definido acima possui ponto de fulgor superior a 37,7°C (trinta e sete graus e sete décimos de graus Celsius) e inferior a 70 °C (setenta graus Celsius), ele é classificado como líquido combustível Classe II. Quando o líquido inflamável possui ponto de fulgor inferior a 37,7°C (trinta e sete graus e sete décimos de graus Celsius) , ele é classificado como líquido combustível Classe I.

19.8.13

19-08-2013 - João Domingos dos Santos Pinto - Feliz Aniversário - 20 anos curtindo realizações... - Continue assim...

Feliz 20 anos Filhão...



20 anos, Namorada Haiara, Moto RD-135 (Ingrata), YBR e agora o Prêmio... Não falta mais nada, e que venha o verão e nós vamos à lá praia sim senhor!!! 

Rebaixadissímo... Meta alcançada, pois ele nem dormiu na noite anterior ao fato. 

Bebê e Ninêm... 

Ô cara de felicidade... 

Luiza e seu Ninêm... 

Max Minha e YBR do João... 

Luzia, João e Haiara...

15.8.13

15/08/2013 - Luiza Marques dos Santos Pinto - Feliz Aniversário - Meu Bebê




Parabéns Filha

Filhona Corinthiana... Meu Bebê.

Debaixo do frio - Luzia e João, los hermanos


Missão impossível, buscar o bolo


Haiara e Luiza - Foram pra: Facu e Escola.





11.8.13

Bombeiro Oswaldo e seus mais recentes passos pela Copseg 2013 - CEU Perus - CEU Anhanguera ( férias ) - EMEF Raul Pompéia ( 2 férias ) - EMEF Renato Antonio Checcia ( férias) - EMEF Imperatriz Leopoldina ( férias ) - SMS Gabinete do Secretário ( férias )









Oficina de Pipas - Alunos da CEI - Larzinho Menino Jesus - Bombeiroswaldo em Trabalho Voluntário - Agradecimentos à Diretora Sra. Célia, Coordenadora Sra. Maria, às Professoras: Luzia, Salete, Sandra, Leide, Camila, Marina e Lucielen; Cozinha e Conservação: Roseli, Fran, Regis e Cenira. Amei todas vocês...







Um dia de descoberta, pois minha visão de CEI não era das melhores, mas após esse dia, repensei e vi que a educação está sim no caminho certo, é só valorizar o profissional Professor. Amei muito estar com vocês nesse dia, e valeu a experiência e logo voltarei, aguardem...

João Domingos dos Santos Pinto e sua mais recente aquisição, um Premio para somar à YBR, Max e Fiesta

Premio

Premio, Haiara e João

Premio rebaixado

Premio rebaixado e a cara de felicidade...

Premio, Eu e o João

Dinovo!!!

Max (minha) e YBR (dele)